sexta-feira, maio 21, 2004

Pega pra Caprá

A todos nós, admiradores
de Fritjof Capra, que citamos
excitados suas reveladoras
observações sistêmicas


De tanto citar o Capra
O cabra que se exercita
Se excita "praca" e vem

E solta a matraca quem
Tanto cita, se a pena é fraca
E no fim descobre o cabra

De citar Capra cansado
Que de tanto citar Capra
Se torna capracitado!

(a próxima trovinha será para o Maturana... ainda estou maturano ela...)

segunda-feira, maio 03, 2004


O TEATRO
Á Vivência lúdica dos "jogos teatrais" propicia uma experiência concreta, em oposição a uma abordagem intelectual, pois é o relacionamento físico sensorial com a realidade que abre as portas para o Conhecimento.
O Brincar teatral é uma forma natural de grupo, que favorece uma experiência de envolvimento total com o ambiente, integrando três níveis: o sensorial (físico), o intuitivo (emocional) e o intelectual (racional), abrindo caminhos para espontaneidade. Todas as partes do indivíduo funcionam juntas formando uma unidade dentro de uma unidade maior que é a estrutura do jogo.
Se o ambiente permite, e se o indivíduo se abre ao aprendizado, ou seja, se expirencia, cria-se as condições para o verdadeiro Conhecimento.
FAZER E APRENDER SÃO SEMELHANTES.
O Teatro possibilita percepções que reciclam e ampliam os verdadeiros recursos humanos, habilitando o indivíduo a um desenpenho mais criativo e prazeiroso no Teatro da Vida.

"A Possibilidade de ir ao encontro de si mesmo, de sua expressão, de sua felicidade, plenitude, liberdade, fertilidade é de todo e qualquer Ser Humano. Isso não é privilégio do artista, é um direito do Ser Humano. Não se trata de ser artista ou não, mas de uma perspectiva de Ser Humano e do Mundo" Tá Na Rua