sexta-feira, março 25, 2005

MÃE

Aconselhada pelo clínico geral, uma mãe judia leva seu filho adolescente para consultar um psicanalista. Depois da sessão, ela pede para o rapaz esperar lá fora e volta-se para o médico ansiosa:
- Diga a verdade doutor, o que é que meu filho tem?
- Nada de grave - responde o psicanalista - ele apenas tem um complexo de Édipo.
- Édipo? - disse ela aliviada - quem se preocupa com Édipo? - desde que ele ame a mãe dele, tudo bem!!

quarta-feira, março 02, 2005



OUTSIDE = OUTSITE

"Eu sou um estrangeiro na terra, não esconde de mim Teus mandamentos." Salmo 119.

O rabi Baruch comentou: "Aquele que experimenta o exílio e chega a uma terra alienígena, nada tem em comum com as pessoas daquele lugar e ninguém com quem conversar. Mas, se um segundo estrangeiro chegar, mesmo que ele seja de um lugar totalmente distinto do primeiro, os dois possuem muito em comum e se identificam, criando vínculos de forte amizade. Se não fossem estrangeiros, eles jamais teriam conhecido tão forte amizade e ligação. Este é o pedido do salmista - eu também sou um estrangeiro; não se esconda de mim!"

Aqueles que permitem as transgressões da alma com certeza são vistos e recebidos pelos outros como estrangeiros.

Os que mudam de emprego radicalmente, os que refazem relações amorosas, os que abandonam vícios, os que perdem medos, os que se libertam e os que rompem experimentam a solidão que só pode ser quebrada por outro que conheça essas experiências. A Natureza da experiência pode ser totalmente distinta, mas eles se tornaram parceiros enquanto "forasteiros".

(ex-traído de "A Alma Imoral" de N. Bonder, 1998)